Terça, 17 de Maio de 2022
Canaã dos Carajás Educação

Canaã dos Carajás: volta às aulas é vitória para a educação municipal

Quase 13 mil alunos da rede municipal voltaram às aulas presenciais na última semana

24/01/2022 às 09h41 Atualizada em 24/01/2022 às 12h53
Por: Kleysykennyson Carneiro
Compartilhe:
Canaã dos Carajás: volta às aulas é vitória para a educação municipal

Na manhã do dia 18 de março de 2020, o então prefeito Jeová Andrade determinou, entre outras medidas, a paralisação das aulas presenciais por conta do avanço do novo coronavírus em todo o mundo. Até então, Canaã dos Carajás não tinha nenhum caso confirmado da doença, mas as medidas foram necessárias para tentar conter a circulação do vírus e preservar a saúde de milhares de crianças.

No dia 20 de janeiro de 2022, passados 22 meses, ou 96 semanas, ou 673 dias, a Prefeitura de Canaã dos Carajás, por meio da Secretaria de Educação, retomou as aulas presenciais no município. Com o avanço da vacinação contra Covid-19 entre adultos e adolescentes, e a chegada dos imunizantes infantis, o governo entendeu que a volta às aulas era segura.  O retorno das aulas representa uma vitória para Canaã.

Cerca de 13 mil alunos voltaram às aulas após a liberação do município. Para tanto, a Secretaria de Educação tomou providências sanitárias, como a entrega de máscaras para crianças, disponibilização de álcool em gel e tapete sanitizante para higienização de sapatos. Um ponto a se destacar é que duas escolas ainda não retomaram atendimento presencial. A Escola Maria de Lourdes, no Centro, está em fase final de reforma e deve ser reaberta em fevereiro. Por sua vez, a Escola Benedita Torres, no bairro Novo Brasil, que serviu como Hospital de Campanha, passa por uma reforma completa e vai atender em formato híbrido até o meio do ano.

A secretária de Educação, Roselma Milani, falou sobre a volta às aulas presenciais. "Estamos vivendo um misto de emoções, é um novo tempo para a educação do nosso município, apesar da pandemia. Sem dúvidas, isso representa uma vitória para nossa cidade."

Vale lembrar que, apesar da suspensão das aulas presenciais, a educação não parou em Canaã durante os quase dois anos de pandemia. Todos os alunos da rede pública tiveram acompanhamento pedagógico, acesso a conteúdo e receberam kits alimentares em substituição à merenda escolar. No ano passado, os kits alimentares foram substituídos por um cartão-alimentação para os alunos.

A partir de agora, com aulas presenciais, a expectativa é de melhoria nos resultados da educação municipal.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias