Sábado, 29 de Janeiro de 2022
Economia Social

Renda Pará volta a ser pago hoje (9), mas só vacinados com duas doses terão direito

Medida faz parte de uma série de estratégias traçadas pela administração estadual para ampliar a cobertura vacinal dos paraenses

09/12/2021 às 11h24 Atualizada em 09/12/2021 às 11h56
Por: Gazeta Carajás
Compartilhe:
Renda Pará volta a ser pago hoje (9), mas só vacinados com duas doses terão direito

Uma terceira rodada de pagamentos do Renda Pará, programa de transferência de renda do governo do Estado, começa a ser paga nesta quinta-feira (9), válida apenas para as famílias que estejam vacinadas contra a covid-19, com as duas doses. A medida faz parte de uma série de estratégias traçadas pela administração estadual, que têm o objetivo de ampliar a cobertura vacinal dos paraenses.

As famílias receberão agora o valor de R$ 100, desde que estejam cadastradas e ativas no programa Bolsa Família (hoje Auxílio Brasil). No total, são quase um milhão de beneficiados, o que implicaria em um montante de, aproximadamente, R$ 100 milhões aos cofres estaduais. Embora o governo do Pará já tenha adiantado, na sexta-feira (3), quando as estratégias foram divulgadas, que o calendário de pagamento será realizado conforme mês de aniversário dos cadastrados, as novas datas após o dia 9 ainda não foram divulgadas oficialmente.

"Somos o terceiro Estado do Brasil em volume de recursos disponíveis para programas sociais. Esta será a terceira rodada do programa, portanto, R$ 100 milhões estarão sendo aportados pelo governo do Pará. Desta vez, estamos fazendo o Renda Pará Vacinado, irão receber o recurso todos os beneficiários do Bolsa Família que estejam vacinados, em dia com a sua vacina. Aqueles que não estiverem não serão contemplados", comenta o governador Helder Barbalho.

O decreto, mencionado pela primeira vez na semana passada, começou a valer nesta segunda-feira (6), de número 2.044/2021, instituindo a Política Estadual de Incentivo à Vacinação Contra a Covid-19 no Pará.

 

Histórico

O Renda Pará foi instituído em outubro de 2020 e transferiu recursos aos mais atingidos social e economicamente durante a pandemia. No fim da primeira fase do programa, 720 mil pessoas haviam sido beneficiadas com os R$ 100, pagos em cota única aos paraenses cadastrados no Bolsa Família, o que representou investimento de mais de R$ 72 milhões do tesouro estadual.

Com a continuidade da pandemia, o programa foi renovado pelo Executivo. A segunda etapa do Renda Pará 100 foi retomada no mês de março e seguiu até abril de 2021. Nesse período, 664.162 pessoas receberam o pagamento, o que significa a disponibilização do valor de R$ 66.416.200. 

Além da segunda fase do pagamento do Renda Pará 100, o pacote também incluiu auxílio único de R$ 500 (Renda 500) para músicos, técnicos, garçons, cabeleireiros, manicures professores de educação física autônomos, além de um auxílio único de R$ 2 mil para bares, restaurantes, lanchonetes, academias e arenas. Até o fim do calendário de pagamento, o Renda 500 beneficiou mais de 164 mil pessoas, o que representou um investimento de R$ 82 milhões.

Para auxiliar trabalhadores informais, catadores, flanelinhas, feirantes e ambulantes dos municípios que, no período, estavam em lockdown, o governo garantiu auxílio de R$ 400 (Renda 400), pagos em duas parcelas de R$ 200. Em maio de 2021, o Renda 400 alcançou novas categorias profissionais: ambulantes, catadores de recicláveis, feirantes e guardadores autônomos de veículos. O benefício pagou R$ 4 milhões a 23.489 beneficiários. Ainda neste mês, o Renda 500 incluiu taxistas, mototaxistas, motoristas de van, do transporte escolar e de aplicativo como beneficiários. Até o fim do calendário de pagamento, em julho de 2021, o programa pagou mais de R$ 17 milhões a aproximadamente 34 mil contemplados desta categoria. Essas informações já haviam sido divulgadas pelo Grupo Liberal.

(Reportagem: O Liberal)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias