Sexta, 19 de Agosto de 2022
Região de Carajás Assustador

Curto circuito causa incêndio no Hospital Municipal de Marabá

Pacientes e servidores ficaram em pânico ao ver chamas tomar conta do prédio

28/07/2022 às 16h58 Atualizada em 28/07/2022 às 17h08
Por: Redação
Compartilhe:
Curto circuito causa incêndio no Hospital Municipal de Marabá

Na tarde desta quinta-feira (28), um incêndio no Hospital Municipal de Marabá (HMM), na Folha 17 (Nova Marabá), causou pavor em pacientes e funcionários da casa de saúde. O 5º Grupamento Bombeiro Militar conseguiu conter as labaredas, ninguém ficou ferido durante o incêndio. Mas pacientes que estavam respirando por aparelhos tiveram de ser socorridos rapidamente devido à interrupção de energia. O clima foi tenso na casa de saúde, que vive sempre lotada.

Informações relatam que o foco do incêndio foi o gerador do hospital, localizado na mesma construção onde são guardados arquivos do hospital, logo atrás do estacionamento. Caso as chamas atingissem os arquivos, além do prejuízo irreparável devido a documentação, o incêndio tomaria uma proporção muito maior em razão da grande quantidade de papel.

Após controlarem o fogo, os bombeiros fizeram o resfriamento do local e a retirada dos escombros. O prejuízo ainda não foi divulgado.

O risco de o fogo atingir, fisicamente, as alas com pacientes era mínimo, porque o local do incêndio fica em prédio separado das alas de internação. Entretanto o fornecimento de energia elétrica foi prejudicado. Com isso, aqueles que estavam respirando com a ajuda de aparelhos precisaram receber o atendimento manualmente.

Edi Ferreira de Souza, sargento do Corpo de Bombeiros, explicou a ação da guarnição no controle das chamas: “Foi necessário fazer o resfriamento (do local). Nós tivemos algo favorável, que foi a distância entre o gerador e as paredes”. A importância do procedimento é evitar que as paredes aquecessem e o fogo se espalhasse para outras áreas, como a do arquivo.

Vídeos do ocorrido se espalharam pelas redes sociais. Em imagens compartilhadas no WhatsApp, é possível ver uma densa fumaça escura saindo do local onde o fogo começou.

Em um comentário no Facebook, uma usuária destacou esse fato: “O pior cenário foi a demora da guarnição do Corpo de Bombeiros, isso é lógico, tendo em vista a distância do mesmo até o local, e o trânsito marabaense crescendo cada vez mais. A população ganharia mais se tivesse um Corpo de Bombeiros do lado de cá da Nova Marabá; espaço a cidade tem”, pontuou Alessandra Lucas Alexsandro.

(Reportagem - Correio de Carajás)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.