Sábado, 26 de Novembro de 2022
Mineração Mineração

Vale abre 400 vagas para mulheres em Canaã dos Carajás e região

O programa é realizado em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e as candidatas precisam ter 18 anos ou mais. Veja aqui salários e benefícios

19/07/2022 às 12h10 Atualizada em 19/10/2022 às 15h45
Por: Redação
Compartilhe:
Vale abre 400 vagas para mulheres em Canaã dos Carajás e região

A mineradora Vale abriu inscrições para 1.200 vagas exclusivas para mulheres e pessoas com deficiência em seu Programa Formação Profissional (PFP). As oportunidades estão distribuídas em cinco estados: Pará, Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais e Rio de Janeiro. No Pará, serão mais de 400 vagas distribuídas nos municípios de Parauapebas, Canaã dos Carajás, Curionópolis e Ourilândia do Norte. O PFP oferece qualificação profissional para o desempenho de funções operacionais e técnicas em diversas áreas de negócio da Vale.

O programa é realizado em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e os(as) candidatos(as) precisam ter a partir de 18 anos de idade e formação completa no Ensino Médio Regular ou em Cursos Técnicos de Ensino Médio, de acordo com a vaga. A aprendizagem teórica dura de 4 a 6 meses e a prática ocorre em até 12 meses, nas instalações da Vale.

Sendo uma das principais portas de entrada para cargos operacionais e técnicos na Vale, o PFP reforça a meta da empresa de dobrar a representatividade de mulheres até 2025 (de 13% para 26%). Mira Noronha, gerente global de Atração de Talentos da Vale, destaca este compromisso com a diversidade. “A atração de mais mulheres cis e trans e de pessoas com deficiência contribui para a evolução da empresa, uma vez que um ambiente mais diverso resulta em inovação, troca de experiências, diferentes pontos de vista e produtividade. Buscamos a pluralidade e oferecemos um ambiente de trabalho que respeita e reconhece a singularidade de cada um”, afirma.

Natural de Marabá, Milena dos Santos Damasceno, 29 anos, atualmente mora com seu esposo e dois filhos em Canaã dos Carajás. Ela integra a equipe da operação de usina da mina do Sossego e foi trainee operacional dentro do Programa Formação Profissional (PFP) da Vale. “Fiz curso de metalurgia em Marabá, ainda na minha adolescência. Na época, visitei algumas empresas do Distrito Industrial e foi aí que conheci a Vale e me apaixonei. Disse a mim mesma que um dia trabalharia nessa empresa”, lembra.

Na empresa desde 2015, Milena lembra que “o caminho para chegar até aqui não foi fácil. Houve muitos obstáculos, mas a gente precisa correr atrás, acreditar em si mesma e jamais permitir que ninguém limite a nossa capacidade ou dizer o que somos ou não capazes de fazer. Precisamos dar sempre o nosso melhor e lutar pelos nossos objetivos”.

Processo seletivo e pré-requisitos

O processo seletivo será online, dividido em cinco etapas e ocorrerá entre os meses de julho e novembro. As etapas incluem inscrições, avaliações de conhecimento, painel virtual de entrevistas com gestores(as) da Vale e exames médicos. A previsão é de que o início da formação aconteça em novembro. O calendário do processo está disponível em www.vale.com/pfp

Benefícios

Os(as) selecionados(as) receberão remuneração mensal de até R$ 1.937,31 para o cargo Trainee Operacional e de R$ 2.286,76 para o cargo Trainee Técnico Operacional. Terão direito também à assistência médica, seguro de vida, reembolso creche e pré-escola, benefícios de atividade física (Gympass), acesso ao Apoiar – programa de assistência ao empregado que dá suporte jurídico, financeiro e psicológico, vale-refeição ou refeitório no local de atuação (quando aplicável) e vale-alimentação, vale-transporte (quando aplicável) ou transporte no local de atuação, cesta de Natal, dentre outros.

As mulheres e as pessoas com deficiência (homens e mulheres) interessados em se candidatar ao processo devem ser inscrever pelo site www.vale.com/pfp até o dia 27 de julho.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.