Sexta, 19 de Agosto de 2022
Região de Carajás Polícia

Breu Branco: pai estuprava filha de 15 anos e enteada de 2

Laildo Soares Ribeiro foi flagrado nu em cima da criança de 2 anos. Ele está preso e vai responder pelo crime de estupro de vulnerável

24/06/2022 às 11h07
Por: Redação
Compartilhe:
Breu Branco: pai estuprava filha de 15 anos e enteada de 2

Um homem de 57 anos foi preso no município de Breu Branco pela prática de crimes abomináveis. Laildo Soares Ribeiro foi pego em flagrante pelas polícias Militar e Civil em cima de uma criança de 2 anos, sua enteada. Além da bebê, Laildo também é acusado de estuprar a própria filha de 15 anos. O Conselho Tutelar foi acionado e já dá assistência às vítimas.

O caso aconteceu na última segunda-feira (20) quando uma moradora estranhou o choro da criança e acionou a Polícia Civil. Acompanhado de policiais militares, os investigadores da Delegacia de Breu Branco, na região sudeste do Pará, foram até a residência do suspeito e conseguiram flagrar Laildo completamente nu em cima da criança de 2 anos de idade. O homem recebeu voz de prisão.

Durante o interrogatório na Delegacia de Breu Branco, o delegado Rommel Souza recebeu mais uma denúncia: Leildo abusava sexualmente da filha adolescente de 15 anos de idade. “É um crime abominável”, resumiu o delegado, ao acrescentar que o acusado foi autuado em flagrante e colocado à disposição da Justiça. Laildo responderá pelos crimes de estupro de vulnerável.

As vítimas foram encaminhadas ao Núcleo de Perícias Científicas para a realização de exame sexológico e de corpo de delito. As vítimas estão recebendo acompanhamento do Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente de Breu Branco.

As informações sobre endereço, nomes dos pais e outras informações são mantidas em segredo por se tratar de menor de idade. Autoridade policial instaurou inquérito criminal.

(Informações de Antônio Barroso e do Correio de Carajás)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.