Terça, 17 de Maio de 2022
Região de Carajás Macabro

Em Marabá, homem mata esposa e se joga embaixo de carreta dias depois

Eliezer Almeida era técnico do TRE em Marabá e não aparecia no trabalho há quase um mês. Sua esposa foi encontrada morta em casa já em decomposição. Ele se matou ontem (11) e uma criança de 10 anos, filha da mulher morta, está desaparecida

12/05/2022 às 10h59 Atualizada em 12/05/2022 às 11h31
Por: Kleysykennyson Carneiro
Compartilhe:
Em Marabá, homem mata esposa e se joga embaixo de carreta dias depois

A cidade de Marabá é palco de uma história macabra e trágica. Tudo indica que um homem de 30 anos, identificado como Eliezer Almeida Amaral, assassinou a própria esposa e depois cometeu suicídio, se jogando embaixo de uma carreta na Nova Marabá.

A dramática envolvendo Eliezer e a esposa Gleiciane Lima Rabelo Amaral, de 32 anos, começou a ser desvendada na manhã de quarta-feira (11). O homem era técnico do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/PA) e não aparecia no trabalho há quase 1 mês. Seus colegas sempre questionavam o porquê de Eliezer estar sumido e ele respondia que estava doente ou dava qualquer outra desculpa esfarrapada.

Já desconfiados da situação, os colegas foram até a casa que Eliezer morava com a família. Ao chegarem no local, sentiram fedor de podridão. Ao entrarem no imóvel, com apoio da Polícia Militar, encontraram o cadáver da esposa envolto em lençóis atrás de um sofá. 

A mulher não era vista já há bastante tempo na localidade. Eliezer, por sua vez, fora visto dois dias antes na casa. Logo depois, peritos do Instituto Médico Legal (IML) estiveram no local junto com o Departamento de Homicídios da Polícia Civil. O corpo foi removido.

Eliezer se tornou o principal suspeito do crime.

Horas depois, um homem que estava sentado em um gramado na altura do Km 6 se jogou embaixo de uma carreta que passava no local. Era Eliezer que cometia suicídio. 

O motorista do caminhão acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) ao ver que o homem completamente deteriorado embaixo de sua carreta ainda se mexia.  Até então, ninguém sabia da relação entre os dois casos.

O corpo foi retirado com a ajuda de um macaco hidráulico. Logo depois, a confirmação da identidade do homem e a história da família feliz que foi destruída veio a tona.

O casal não tinha filhos juntos, mas a mulher era mãe de uma menina de 10 anos que está desaparecida.

Os corpos de Eliezer e Gleiciane ficaram lado a lado no necrotério em uma trágica e macabra coincidência.

Pelo estado do corpo de Gleiciane, tudo leva a crer que ela foi assassinada já há alguns dias. As investigações já tiveram início.

 

(Com informações de Chagas Filho)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias