Terça, 17 de Maio de 2022
Polícia Caso de polícia

Canaã: mototaxistas armam 'casinha' para motorista de aplicativo

Profissionais mototaxistas estão revoltados com motoristas e pilotos de novo aplicativo que já funciona em Canaã

11/05/2022 às 10h26 Atualizada em 11/05/2022 às 12h58
Por: Kleysykennyson Carneiro
Compartilhe:
Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

Uma grande confusão entre classes de trabalhadores teve início em Canaã dos Carajás e o caso parece bem longe de uma resolução. Trata-se da briga entre mototaxistas e pilotos que trabalham pelo aplicativo Movaê. Na terça-feira (10), os mototaxistas prepararam uma emboscada para um motorista do aplicativo privado. O trabalhador recebeu uma chamada para atender uma passageira em frente à empresa Moreira Empreendimentos. Ao procurar pela pessoa, encontrou os mototaxistas que o agrediram e exigiram que ele parasse com a atividade via app.

De acordo com relato do próprio motorista ao site Portal Canaã, mais de 30 mototáxi participaram da "casinha" e foram em sua direção para agressões verbais e empurrões. Agentes da Secretaria Municipal de Segurança Pública Viária (Semspuv), que fica em frente ao local onde aconteceu a situação, correram até o local para evitar que o pior acontecesse.

De acordo com o motorista, o Movaê hoje conta com uma frota de 20 motocicletas e cinco carros que atendem de forma privada passageiros.

Assim como em Parauapebas, os mototaxistas reclamam da presença dos profissionais que atendem via app, pois a função não estaria regularizada dentro do município.

O motorista do Movaê afirmou que vai continuar trabalhando e buscando seus direitos.

Na última semana, profissionais do ramo em Parauapebas queimaram um outdoor que publicitava a atividade de motos via aplicativo. Em Canaã, os mototaxistas foram à Câmara Municipal na sessão de terça (10), mas não se posicionaram a respeito.  

(Com informações do Portal Canaã)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias