Terça, 17 de Maio de 2022
Região de Carajás Polícia

Em Marabá, homem prende e agride mulher após mexer em seu celular

Gilberto Nascimento dos Santos viu mensagens que não gostou no celular da mulher e agrediu brutalmente. Além deste, Marabá registrou mais dois casos de violência contra a muher

10/05/2022 às 15h39
Por: Kleysykennyson Carneiro
Compartilhe:
Em Marabá, homem prende e agride mulher após mexer em seu celular

Um homem, identificado como Gilberto Nascimento dos Santos, foi preso em flagrante no último sábado (7) em Marabá. Ele é acusado de manter a companheira em cárcere privado e a agredir com socos após mexer no celular da vítima e encontrar mensagens que não gostou.

A mulher vítima das agressões tinha hematomas no rosto e um corte na cabeça. O caso aconteceu no bairro Araguaia, na Nova Marabá. De acordo com relatos da vítima, Gilberto a manteve presa desde o momento em que foi agredida. Somente com a ajuda de uma vizinha conseguiu entrar em contato com autoridades.

Gilberto foi preso em flagrante pelo crime.

Mais casos de violência doméstica

Na madrugada de domingo (8), uma mulher abordou uma viatura da Polícia Militar que fazia diligências na área e denunciou que o marido a havia agredido.

A PM seguiu para o local do crime e encontrou o acusado, Roberto Chaves Miranda. Ele negou o crime e disse que estava tudo bem entre ele e a esposa.

No entanto, na cabeça da vítima havia uma lesão causada por um ferro de passar roupas. Roberto foi preso em flagrante pelo crime e levado para a Delegacia da Mulher de Marabá. 

O acusado já tinha um mandado de prisão em seu nome por crime anterior.

Mais um caso foi registrado ainda no domingo. Por volta das 18h, uma nova denúncia foi registrada. Desta vez, na Folha 25.

A vítima foi achada com lesões na boca. Segundo informações, seu padrasto, Nilson Cantanheide Dutra, desferiu socos em seu rosto porque ela o impediu de entrar em casa. A versão da vítima foi confirmada por uma testemunha. 

Nilson foi encontrado nas redondezas, estava bêbado e violento; precisou ser algemado. Está preso e vai responder por seus crimes.

(Com informações do Correio de Carajás)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias