Terça, 17 de Maio de 2022
Polícia Polícia

Em Canaã dos Carajás, PM 'passa o sal' em criminoso

Criminoso reagiu a uma abordagem policial depois de se ver encurralado e levou chumbo quente da guarnição policial. Bandido foi socorrido, mas não resistiu e morreu. Seus comparsas estão presos

05/05/2022 às 11h24 Atualizada em 05/05/2022 às 12h13
Por: Kleysykennyson Carneiro
Compartilhe:
Em Canaã dos Carajás, PM 'passa o sal' em criminoso

Um criminoso, identificado como Albert Fernandes Trindade, morreu durante operação policial nesta quarta-feira (5) em Canaã dos Carajás. O caso aconteceu no bairro João Pintinho, na Rua Círio de Nazaré. Ao chegar no local, a PM encurralou Albert, que era acusado de praticar roubos em Parauapebas e fugiu para Canaã junto a mais dois comparsas. O bandido simulou que estava armado, descumpriu ordens policiais e tentou sacar uma arma. 

Como forma de defesa, a PM atirou contra o meliante, que caiu no chão. Para a surpresa geral, Albert estava armado com um simulacro de arma de fogo e, aparentemente, estava drogado.

A PM chegou ao criminoso por meio de denúncias. Segundo relato policial, vários roubos aconteceram na tarde desta quarta em Parauapebas. Após roubarem pessoas, os bandidos empreenderam fuga para Canaã. Em posse das informações e características dos bandidos e do veículo em que estavam, a PM iniciou diligências pela cidade.

O carro em que os três estavam era alugado e tinha um rastreador. O carro foi localizado na Rua Santa Rita, bairro Vale Verde. Lá, a PM achou Geraldo Rosário de Abreu e Victor Gabryell Siqueira da Conceição, que foram flagrados devolvendo o carro alugado. Os dois foram presos, entregaram a localização do comparsa Albert e encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil.

Os dois estão à disposição da justiça. O corpo de Albert foi encaminhado para o IML de Parauapebas.

(Informações e foto do site Fala Sério)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias