Terça, 17 de Maio de 2022
Canaã dos Carajás Aguardando sanção

PL que incentiva permanência de alunos em faculdades é aprovado em Canaã

Estudantes de ensino superior em situação de vulnerabilidade social vão receber recursos do governo municipal para alimentação e transporte . Projeto aguarda sanção da prefeita Josemira Gadelha

19/04/2022 às 19h35
Por: Kleysykennyson Carneiro
Compartilhe:
PL que incentiva permanência de alunos em faculdades é aprovado em Canaã

Estudantes de ensino superior de Canaã dos Carajás que vivem em situação de vulnerabilidade social têm razões de sobra para comemorar. A Câmara Municipal de Canaã dos Carajás aprovou, de forma unânime, o Projeto de Lei 013/2022, que institui o Programa Municipal de Incentivo à Permanência dos Estudantes de Curso Superior de Graduação e Cursos de Educação Profissional Tecnológico de Graduação - o Promipe Canaã.

O PL, de autoria do poder executivo municipal, anula o projeto antigo de pagamento de bolsas a estudantes e amplia o benefício. O projeto anterior, conforme explicaram os vereadores, estava antigo e já não contemplava todos que precisavam do benefício. A proposta é que estes estudantes tenham em suas contas recursos para despesas com alimentação e transporte.

O vereador Cleverson Zajac (MDB) explicou a nova proposta. "Esse projeto vem mais completo, mais robusto. Ele beneficiava antes estudantes universitários que estavam fora de Canaã. Agora, vai beneficiar estudantes que estudam fora e também dentro de Canaã dos Carajás. É mais um programa de fomento à educação do nosso município"

Maria Pereira (PL) complementou a fala do colega. "Quando o projeto antigo de bolsas foi criado, Canaã não tinha universidades e a proposta era só para quem estudava fora. Agora, todos que desejam fazer um curso superior e estão em situação de vulnerabilidade, seja aqui ou em outro lugar, terão direito ao benefício." A parlamentar explicou ainda que o recurso não é destinado a alunos de instituições de fora do Brasil.

Para receber o auxílio, o estudante precisa seguir alguns critérios - a família cadastrada no CadÚnico do governo federal é um deles. O valor varia, mas pode chegar a R$ 500/mês. Os estudantes que eram beneficiados pelo antigo projeto e estão sem receber desde o início do ano, vão receber valores retroativos em suas contas. 

Agora aprovado, o PL segue de volta para o poder executivo e aguarda sanção da prefeita Josemira Gadelha.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias