Quarta, 29 de Junho de 2022
Opinião Opinião

Amar o próximo!!!

Coluna do pastor Daniel Alto:

08/03/2021 às 10h31 Atualizada em 08/03/2021 às 12h08
Por: Kleysykennyson Carneiro
Compartilhe:
Amar o próximo!!!

Jesus ensina que devemos AMAR o nosso próximo como ELE mesmo nos amou. Ele deu a sua vida por nós!!! O interessante é que não damos nem tempo (horas, minutos, segundos) ao próximo... e em uma sociedade cada vez mais individualista, ainda damos a desculpa da “PRIVACIDADE”, da falta de tempo, etc.

AMAR: Verbo é a palavra que exprime geralmente uma ação. Isso significa que meu amor tem que me impulsionar a uma ação. Pesquisando sobre verbo me deparei com a divisão semântica que são: Verbos transitivos, Verbos intransitivos, Verbos impessoais e Verbos de ligação.

 

Fazendo uma leitura livre de cada uma delas eu diria:

VERBOS TRANSITIVOS: Designam ações voluntárias. Qual ação tenho feito ao meu próximo. E ainda vem a minha mente: Quem é meu próximo?

 

VERBOS INTRANSITIVOS: Designam ações que não afetam outros indivíduos. Será possível isso para um discípulo de Jesus? Como por exemplo, meu andar não afetará o outro? Como o meu existir não afetará o outro?

 

VERBOS IMPESSOAIS: São verbos que designam ações involuntárias. “A boca fala o que o coração está cheio”. As minhas ações involuntárias demonstram na prática o meu caráter.

 

VERBOS DE LIGAÇÃO: São os verbos que não designam ações; apenas servem para ligar o sujeito ao predicativo. Como predicativo é o termo da oração que atribui uma característica, uma propriedade, um estado ao sujeito. Sendo o sujeito Jesus Cristo como seu discípulo preciso ter as características e demonstrar ser propriedade de Cristo.

 

Amar a Deus é relativamente fácil é até inerente ao ser humano. Mas quando o ensinamento de Jesus nos reporta ao outro, ao próximo fica muito mais difícil. Temos vivido um tempo onde as Igrejas tem se iludido e iludido o povo, mascarando o Evangelho de Cristo. O que temos feito para mudar essa realidade?

 

Amar não é "deixar" o outro fazer o que ele quer sem pensar nas consequências. Isso é desleixo. Ensinar e corrigir, faz parte do atributo amar. Meu pai me ensina e corrige por que me ama. Deus me ensina e corrige por que me ama. E eu devo exalar esse amor aprendido e apreendido em Cristo.

 

 “E que amá-lo de todo o coração, e de todo o entendimento, e de toda a alma, e de todas as forças, e amar o próximo como a si mesmo, é mais do que todos os holocaustos e sacrifícios”. Marcos 12.33

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.