Terça, 17 de Maio de 2022
Especiais Equidade

Associação Comercial escolhe primeira mulher presidente em 203 anos

Vida de Mulher: Empresária e economista, Elizabete Grunvald faz parte da ACP há quase três décadas

23/03/2022 às 18h06 Atualizada em 23/03/2022 às 18h33
Por: Gazeta Carajás
Compartilhe:
Associação Comercial escolhe primeira mulher presidente em 203 anos

A Associação Comercial do Pará (ACP) elegeu, na tarde desta segunda-feira (21), a primeira mulher para presidir a Casa em mais de 200 anos de existência. No pleito que foi realizado, os próprios empresários escolheram a presidente e vices do órgão dos corpos dirigentes do mais antigo do empresariado paraenses, para o biênio 2022-2024. A chapa única, encabeçada por Elizabete Grunvald, tem como primeiro vice-presidente o empresário Isan Anijar.

Para a nova líder, é uma honra assumir a presidência da Associação Comercial. “É um desafio enorme para mim como empresária e sobretudo como pessoa. É uma entidade de 203 anos, muito importante para a economia do Estado, tanto que a história da Associação Comercial se confunde com a história do comércio do Pará. Então é um desafio muito grande assumir essa presidência, especialmente no momento de retomada da economia”, comenta.

Segundo Elizabete, um dos trabalhos da ACP – que estará entre os focos de sua gestão – é discutir, do ponto de vista estadual, as melhorias dos interesses dos associados; e do ponto de vista federal, as reformas que o Brasil precisa, com foco nas reformas administrativa e tributária. “Nós não temos mais como aguentar essa alta carga tributária que o Brasil tem. Os desafios nesse momento pós-pandemia são muito grandes”, declara Elizabete.

Além dela, foram eleitos os presidentes da Assembleia Geral, Fábio Lúcio Costa; do Conselho da Mulher Empresária, Izabela Araújo; do Conselho de Jovens Empresários, João Marcelo Azevedo Santos; do Conselho das Câmaras Setoriais, Reginaldo Ferreira; da Universidade Corporativa, Paulo Maia; e da Câmara Brasileira de Mediação e Arbitragem Empresarial no Pará, José Eduardo da Silva. A posse será realizada no dia 4 de abril, às 18h30, no Salão Nobre da ACP. Na ocasião também serão celebrados os 203 anos da entidade.

Trajetória

A nova presidente da ACP é economista por formação e atuou por cerca de duas décadas em uma instituição financeira antes de decidir empreender com seu próprio negócio – montou uma consultoria empresarial e uma empresa de representação de produtos médicos. Depois disso, ingressou na Associação, por meio do Conselho da Mulher Empresária, e se encantou com o associativismo, onde permanece há quase 30 anos. Ela é casada com Vilmos Grunvald, ex-secretário especial de Estado de Infraestrutura e Logística para o Desenvolvimento Sustentável (Seinfra) do Pará, e mãe de dois filhos, ambos já adultos.

Elizabete conta que o dia de eleição foi tranquilo, e que até o momento chegar, de fato, a ficha ainda não havia caído. Quanto à chapa ser única, ela diz que, historicamente, a Associação acaba primando por ser desta forma, já que as pessoas conversam muito, por isso eventualmente há chapas únicas. Na sua, a eleição acabou sendo muito tranquila, por aclamação.

A semana também tem sido intensa: além de se tornar a primeira mulher a presidir a ACP desde sua fundação, também se torna avó, já que seu primeiro neto nasce nesta terça-feira (22). “Eu sou dessas que acreditam que nada nessa vida acontece por acaso e nem antes do tempo. Se não aconteceu é porque alguma coisa tinha que não era para ser. Portanto, eu estar hoje presidente eleita, amanhã minha neta nascendo, isso para mim é uma renovação maravilhosa, é uma esperança de que às vezes a gente já quer jogar a toalha e aí vem uma neta, uma presidência para dizer que não, que você está no jogo do mercado e ainda tem muita caminhada. Então, eu estou em um momento muito fértil, muito feliz da minha vida”, comemora a empresária.

(Fonte: O Liberal)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias